Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2011

Proclamai a Boa Nova, por Armando Soares

“A Igreja é por sua natureza missionária. Pois ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo, segundo desígnio do Pai” (Ad Gentes 2).“Aprouve a Deus chamar os homens não só individualmente, sem nenhuma conexão mútua, à participação, mas constituí-los num só povo, no qual seus filhos , antes dispersos, se congregassem num corpo” (AG2).
A obrigação do "Ide fazer discípulos meus todos os povos...) deve ser cumprida por todos os que seguem Jesus Cristo, pois “Deus quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” (AG 7).
Por isso mesmo, embora respeitando todas as religiões, “cabe à Igreja o direito sagrado de evangelizar” (AG 5).E mais: por esta necessidade de anunciar a salvação a todos, “a Igreja, que dele dá testemunho através da pregação evangélica, transcende todo particularismo de raça e nacionalidade – nenhum homem ou terra podem considerá-la estranha” (AG 8).
A Igreja sabe ainda que lhe resta realizar uma ingente tarefa missionária…

Anunciar a Cristo vivo

Anunciar a Cristo vivo Usa-se o termo "Kerigma" para exprimir o primeiro anúncio na comunidade primitiva. Seu conteúdo era a morte e a ressurreição de Jesus. O Jesus de Nazaré pela sua ressurreição foi constituido Senhor e Cristo. Diz Pedro: Nós somos testemunhas de que Deus ressuscitou Jesus, Aquele que vós crucificasteis foi constituido Senhor e Messias. Depois de curar o paralítico no nome do Senhor Jesus, Pedro proclama de novo: "...vós rejeitastes o santo e o justo, e pedistes a liberdade para um assassino; matastes o autor da vida, a quem Deus ressuscitou de entre os mortos: disso nós somos testemunhas" (Act 3, 13-15) No Congresso da Aparecida, os bispos nos levaram a descobrir a identidade da missão cristã. É que na base de toda a formação cristã estáa força do anúncio kerigmático: "O poder do Espírito e da Palavra contagia as pessoas e leva-as a anunciar a Jesus Cristo, a aceitá-lo como Salvador e como aquele que dá sentido à vida. O anúncio fundamenta-se…
“A Igreja é por sua natureza missionária. Pois ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo, segundo desígnio do Pai” (AG 2).“Aprouve a Deus chamar os homens não só individualmente, sem nenhuma conexão mútua, à participação, mas constituí-los num só povo, no qual seus filhos , antes dispersos, se congregassem num corpo” (AG2). A obrigação do "Ide fazer discípulos meus todos os povos...) deve ser cumprida por todos os que seguem Jesus Cristo, pois “Deus quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” (AG 7). Por isso mesmo, embora respeitando todas as religiões, “cabe à Igreja o direito sagrado de evangelizar” (AG 5).E mais: por esta necessidade de anunciar a salvação a todos, “a Igreja, que dele dá testemunho através da pregação evangélica, transcende todo particularismo de raça e nacionalidade – nenhum homem ou terra podem considerá-la estranha” (AG 8). A Igreja sabe ainda que lhe resta realizar uma ingente tarefa missionária. São muit…