50ª Peregrinação Nacional da smbn a Fátima.Missionários alegres da Misericórdia por D. JOSÉ CORDEIRO *

50ª Peregrinação Nacional Sociedade Missionária da  Boa Nova
Missionários alegres da Misericórdia  por D. JOSÉ CORDEIRO *

Na infância, comecei a crescer na fé com os Missionários da Boa Nova, na Missão de Santo António do Dumbi, na Diocese do Sumbe em Angola. Com oito anos vim para Portugal e guardo com muita alegria as belas recordações daquela Missão, onde recebi a graça do Baptismo. Conhecer Jesus e segui-Lo é o desafio de todo o discípulo-missionário.
E o discípulo é como o Mestre determinou: «Se alguém quiser vir comigo, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz todos os dias e siga-Me. Pois quem quiser salvar a sua vida, há-de perdê-la; mas quem perder a sua vida por minha causa, salvá-la-á».
Jesus Cristo, o Bom Pastor, apresenta-se com uma missão plena: «Eu vim para que tenham a vida e a vida em abundância» (Jo 10,10). Só Nele a nossa missão é plena para o Bem comum e para a promoção e defesa da dignidade da vida humana desde a sua concepção até à morte natural.

Na exortação apostólica Evangelii Nuntiandi, somos interpelados pelo Beato Paulo VI: «Conservemos o fervor do espírito; conservemos a suave e reconfortante alegria de evangelizar, mesmo quando for preciso semear com lágrimas! Que isto constitua para nós, como para João Baptista, para Pedro e para Paulo, para os outros apóstolos e para uma multidão de admiráveis evangelizadores no decurso da história da Igreja, um impulso interior que ninguém nem nada possam extinguir. Que isto constitua, ainda, a grande alegria das nossas vidas consagradas. E que o mundo do nosso tempo possa receber a Boa Nova dos lábios, não de evangelizadores tristes, impacientes ou ansiosos, mas sim de ministros do Evangelho cuja vida irradie fervor, pois foram quem recebeu primeiro em si a alegria de Cristo, e são aqueles que aceitaram arriscar a sua própria vida para que o reino seja anunciado e a Igreja implantada no meio do mundo» (EN 80).
O próprio Papa Francisco faz-nos também sonhar ao escrever: «Sonho com uma opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se tornem um canal proporcionado mais à evangelização do mundo actual que à auto-preservação. A reforma das estruturas, que a conversão pastoral exige, só se pode entender neste sentido: fazer com que todas elas se tornem mais missionárias, que a pastoral ordinária em todas as suas instâncias seja mais comunicativa e aberta, que coloque os agentes pastorais em atitude constante de “saída” e, assim, favoreça a resposta positiva de todos aqueles a quem Jesus oferece a sua amizade» (EG 27).
A missão ad gentes não tem fronteiras e por isso, com D. Hélder da Câmara, de viva memória, somos igualmente interpelados: «Missão é partir, caminhar, sair de si. É quebrar as crostas do egoísmo que nos fecha no nosso eu! Missão é não nos deixar bloquear nos problemas do pequeno mundo a que pertencemos. A Humanidade é maior. Missão é sempre partir, mas não devorar quilómetros. É sobretudo abrir-se aos outros como irmãos, descobri-los e encontrá-los. E para os descobrir e amar é necessário atravessar mares e voar pelos céus, então, até aos confins do mundo!»

Na vida missionária, como se realça na 50ª peregrinação nacional da SMBN e como se sublinha hoje com a presença da família Blasiana – o Instituto Secular das cooperadoras da Família, ao serviço da evangelização da Família, fundadas por uma testemunha da santidade, Venerável Mons. Alves Brás, somos provocados a ser discípulos missionários com coragem e confiança.
Peregrinamos ao santuário de Fátima e sentimo-nos acolhidos pela Virgem Maria que aqui nos transmite uma mensagem de paz, de graça e de misericórdia que nos centra no de Deus. O rosto deste coração é Jesus Cristo que veio para que tenhamos vida em abundância (cf. Jo 10,10).

* Homilia de D. José Manuel Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda, no Santuário de Fátima no dia 19 de Julho 2016 na 50ª Peregrinação da SMBN. in VM out 2016

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto