YÉMEN Fome e cólera no Iémen com 3 a 5 mil novos casos diários

YÉMEN
Fome e cólera no Iémen com 3 a 5 mil novos casos diários
Um possível surto de cólera está a disseminar-se rapidamente no Iémen, país devastado pela guerra, registando-se entre três mil a cinco mil novos casos por dia, anunciou hoje a agência das Nações Unidas dedicada à infância,  UNICEF.

O diretor para o Médio Oriente da UNICEF, Geert Cappelaere, afirmou à agência Associated Press que, no último mês, foram reportados 70 mil casos de cólera em 19 das 22 províncias do Iémen.
O director mostrou-se preocupado com os casos de cólera que poderão em duas semanas subir para 130 mil e depois para 300 mil -, a não ser que seja garantida mais ajuda.  Poderá atingir todos os Estados vizinhos deste país, onde a guerra civil entrou no terceiro ano.
"É triste, mas esperamos que o surto de cólera seja o ponto de viragem para que as pessoas prestem atenção ao Iémen", disse, avisando que a cólera "não vai ser travada por qualquer fronteira".
Os conflitos já causaram a morte de mais de 10 mil pessoas e a deslocação de três milhões de civis e destruiu o sector económico e de saúde do país.
O responsável da UNICEF, que concluiu uma viagem de cinco dias à capital do Iémen, Sanaa, afirmou que o surto é o mais recente horror vivido pelas crianças iemenitas, a par da fome, recrutamento por milícias e casamentos com menores.

"O Iémen é um dos piores locais no mundo para ser criança", disse.

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto