SOMALIA Presidente da Somália visitou feridos da explosão de carro armadilhado

SOMALIA
Presidente da Somália visitou feridos da explosão de carro armadilhado
O novo Presidente da Somália visitou os feridos resultantes da explosão de hoje de um carro armadilhado, em Mogadíscio, que causou 34 mortos, e ofereceu uma recompensa de 100.000 dólares (94.000 euros) a quem forneça informações sobre os culpados.
© Reuters    MUNDO SOMÁLIA 20.02.2017  POR LUSA PARTILHAR

Segundo fonte da polícia, a viatura explodiu num cruzamento muito movimentado da capital da Somália, com muito comércio e vários restaurantes.

Inicialmente tinham sido contabilizados 14 mortos e 30 feridos mas, segundo um condutor de ambulâncias, muitos dos feridos morreram a caminho dos hospitais, passando o número de mortos a ser de 34.
Esta explosão é o primeiro grande ataque na capital somali desde a eleição do novo Presidente, Mohamed Abdullahi Mohamed.
O ataque sublinha o desafio que enfrenta o novo chefe de Estado, que herdou uma administração com um controlo muito limitado do território somali e muito dependente do apoio internacional.
O ministro dos Negócios Estrangeiros italiano, Angelino Alfano, já condenou o ataque e afirmou que "a Itália permanece solidamente ao lado da Somália no processo de estabilização do país" e na luta contra o terrorismo.

PARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos