TEMPO DE POESIA – IR. LUIS MÃOS ABERTAS

TEMPO DE POESIA – IR. LUIS
MÃOS ABERTAS


Mãos abertas, estendidas,
Sabes dar e receber
Sem cálculos, sem medidas,
A tua vida, teu ser.

Não agarras mas libertas
Quando recebes ou dás
E sabes em horas certas
Ser Dom, Silêncio e Paz.

Em Mistério Consagrado,
Tu foste chamado a ser
O Jesus "Continuado"
No hoje do teu viver.

Amando à Sua maneira
Mesmo sabendo que é risco,
Qual caminho sem beira,
Vendo em tudo só a Cristo.

É caminho que Deus “faz”
Na vida de quem diz  “Sim”
E não olha para traz
Porque confia sem fim,

No Deus que é sempre fiel,
Na tempestade ou bonança,
Que te deu o eterno “anel”

De Paz e de confiança.

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos