NEOCATECUMENATO Em 2018 completa 50 anos de criação

VATICANO
NEOCATECUMENATO
Em 2018 completa 50 anos de criação
Papa Francisco com Kiko Argüello e P. Mario Pezzi.
Foto: L'Osservatore Roman

O Papa Francisco recebeu em audiência privada Kiko Argüello com o P. Mario Pezzi, os líderes do Caminho Neocatecumenal, na segunda-feira 4 de setembro, no Vaticano.

Argüello e Pai Pezzi formam a equipe internacional deste movimento eclesial reconhecido pela 
Santa Sé e cujos estatutos definitivos foram aprovados em 2008. Parte desta equipe também foi Carmen Hernández, coiniciadora com Kiko, que morreu em 19 de julho, 2016 .
Argüello apresentou ao pontífice um projecto para celebrar a 08 de maio de 2018 o 50º aniversário do Camino um grande ponto de encontro para a Europa e outros países do mundo. Terá lugar em Tor Vergata, nos arredores de Roma, na festa de Nossa Senhora de Pompéia e Nossa Senhora de Luján, padroeira da Argentina.
A celebração seria uma missão enviando comunidades às paróquias  comunidades  em  jornadas de educação à fé e, a pedido dos párocos, para evangelizar comunidades em áreas degradadas das cidades.
O Santo Padre acolheu muito bem o convite e expressou seu desejo de participar da reunião, e disse para contactarem com o seu vigário, Mons. Angelo di De Donati, para iniciar os preparativos. O Papa voltou a incentivar Francisco Kiko e Pai Mario para continuar o trabalho de evangelização e reconheceu os benefícios que o Caminho tem desenvolvido em todo o mundo.
Em 18 de agosto, o Santo Padre também enviou uma carta agradecendo a Kiko o envio do livro diários Carmen Hernández colectados 1979-1981 e publicado recentemente na Espanha.
"Estou muito contente pois através destas páginas torna-se evidente o testemunho de um grande amor por Jesus", escreve o Papa. "Deus ajude a maneira de semear em todos os momentos o evangelho com alegria e fé incondicional e humilde obediência", acrescenta

Mensagens populares