TURQUIA ISTAMBUL: "Terrorista confessou o crime" de Istambul

TURQUIA
ISTAMBUL:  "Terrorista confessou o crime" de Istambul
16 jan, 2017 - 21:31
Imagem divulgada
Abdulgadir Masharipov é natural do Uzbequistão e recebeu treino no Afeganistão. Atentado em discoteca fez 39 mortos.
Turquia divulga vídeo do suspeito do ataque na noite da passagem de ano
O primeiro-ministro turco confirma a detenção do principal suspeito do ataque que fez 39 mortos numa discoteca, em Istambul, na noite de passagem de ano. O detido já confessou que agiu a mando do autodenominado Estado Islâmico.
Abdulgadir Masharipov, natural do Uzbequistão, foi detido na parte europeia de Istambul, no distrito de Esenyurt, onde estava escondido juntamente com o filho de quatro anos, segundo o governador de Istambul.
“O terrorista confessou o crime”, declarou Vasip Sahin aos jornalistas, acrescentando que recebeu treino no Afeganistão.
A autoria do ataque já tinha sido reivindicada pelos terroristas do autoproclamado Estado Islâmico. Os jihadistas dizem que foi uma vingança pelo envolvimento militar da Turquia na guerra da Síria.
O ataque foi levado a cabo numa famosa discoteca de Istambul – a Reina, junto ao estreito do Bósforo – na noite de 31 de Dezembro de 2016. Um homem entrou armado e atirou sobre quem lhe apareceu pela frente. Foram disparadas cerca de 180 balas sobre uma multidão de 600 pessoas. Morreram 39 pessoas e perto de 70 ficaram feridas.
Um homem sobreviveu porque a bala bateu no seu telemóvel e não o atingiu directamente.
O terrorista de Istambul terá sido militante do Estado Islâmico, na Síria, de onde entrou na Turquia há cerca de dois meses.

[notícia actualizada às 8h56 do dia 17/1/2017]


Mensagens populares deste blogue

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto