VATICANO CONSISTÓRIO 2016 Francisco reforçou presença das «periferias» no Colégio Cardinalício

VATICANO
CONSISTÓRIO 2016   
Francisco reforçou presença das «periferias» no Colégio Cardinalício

O Papa presidiu ao terceiro consistório do seu pontificado, para criar novos 17 cardeais e reforçando o papel das “periferias” no Colégio Cardinalício. Francisco tem vindo a alargar as fronteiras das suas escolhas, com uma mudança mais visível para a África, a Ásia e a Oceânia.
Quando foi eleito, o atual Papa tinha como colaboradores apenas 22 cardeais eleitores destes três
continentes. Actualmente são 33.
No consistório foi criado o mais jovem cardeal da Igreja Católica, D. Dieudonné Nzapalainga, arcebispo de Bangui (República Centro-Africana), de 49 anos.
Os 13 novos eleitores são oriundos de 11 países, alguns dos quais ainda não se encontravam
representados no Colégio Cardinalício, como o Bangladesh, a Maurícia ou a Papua Nova-Guiné.
Entre os cardeais com mais de 80 anos está também o padre Ernest Simoni – que fez Francisco chorar
ao abraçá-lo, na Albânia, evocando a perseguição do regime comunista - como reconhecimento pelo

eu “claro testemunho cristão”. in VM jan 2017

Mensagens populares deste blogue

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto