MADRE TERESA DE CALCUTÁ SKOPJE, 26/08/1910 -, 05/09/1997

MADRE TERESA DE CALCUTÁ
SKOPJE, 26/08/1910 -, 05/09/1997
A presente exposição apresenta uma visão rápida da vida da Madre Teresa, uma mulher que tendo recebido o chamamento de Jesus. ''Venha ser a minha luz nos buracos escuros dos pobres'' e encontrando as Missionárias da Caridade, entregou-se totalmente a Cristo e ao serviço dos pobres em toda parte do mundo.

“Vos sois a luz do mundo. Uma cidade construída sobre a montanha não fica escondida. Não se acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma caixa, mas sim no candelabro, onde ela brilha para todos os que estão em casa. Assim também brilhe a vossa luz diante das pessoas, para que vejam as vossas boas obras e louvem o Vosso Pai que está nos céus.”                                        
Mateus, 5,14-16

CHAMADO PARA SACIAR A SEDE DE JESUS
''Fui chamada, escolhida para ser a esposa de Jesus crucificado, para saciar a sede de Deus.”
O grito de sede de Jesus expressa não tanto a sede física associada com a crucifixão tal como um desejo amoroso infinito ou “sede”, do filho de Deus pela salvação e santificação do homem, isto é, para nossa total partilha na vida da Santíssima Trindade. A sede de Jesus expressa na cruz foi entendida por Madre Teresa como uma expressão do amor verdadeiro de Jesus. O seu desejo era retribuir o amor de Jesus por amor e desta forma saciar a sua sede.

O fim comum das Missionarias de Caridade é de saciar a sede de Jesus Cristo na cruz por amor e alma … servindo-o humildemente nos mais pobres dos pobres. Fig. 1 e 2

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos