Açores Ser padre é combinar «felicidade e decisão»

Açores
Ser padre é combinar «felicidade e decisão»
Pedro Lima

Pedro Lima foi ordenado sacerdote, no dia 3 de setembro, na Diocese de Angra, nos Açores. O novo sacerdote açoriano falou deste momento como o culminar de um percurso vocacional que combina “felicidade e decisão”.
Pedro Lima, tem 23 anos e é natural da Paróquia das Angústias, no Concelho da Horta (Ilha do Faial).  Recorda que a primeira interpelação à vocação do sacerdócio surgiu através do contacto com o pároco local. “Decidir seguir mais de perto o exemplo de Cristo é uma grande aventura. Implica arriscar, escolher, optar, confiar e, sobretudo, amar. Nunca esquecendo que o sinal mais visível do amor é a Cruz, a entrega e o viver para o outro”, realçou o jovem.
Sobre a nova missão, de sacerdote, Pedro Lima mostra-se apostado em ser ao mesmo tempo “pastor e discípulo”, pronto a “guiar” a comunidade cristã, mas ao mesmo tempo “a escutar, a aprender e a caminhar” com ela. Pedro Lima sublinha ainda a importância do sacerdote ser exemplo e testemunho de vida “no meio de uma sociedade individualista e cómoda, despreocupada com o essencial e com os valores”.

“No meio disto tudo, ser testemunha da presença de Deus em todos os âmbitos da vida”, salienta. A ordenação de Pedro Lima na in VM out 2016

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto