FÁTIMA JORNADAS MISSIONÁRIAS NACIONAIS 2016 Pe. AUGUSTO FARIAS

FÁTIMA
JORNADAS MISSIONÁRIAS NACIONAIS 2016  Pe. AUGUSTO FARIAS

Decorreram em Fátima nos dias 17 e 18 de Setembro as Jornadas Missionárias 2016 dentro da temática geral do ano da Misericórdia: “Missão com histórias de Misericórdia”. Após a abertura feita por D. Manuel Linda, Presidente da Comissão Episcopal das Missões, passou-se de imediato ao painel sobre a Missão como presença actuante da misericórdia em três continentes. Sobre a situação do Sudão do Sul falou o P. José Vieira, Comboniano; do Japão falou o P. Adelino Ascenso da Sociedade Missionária da Boa Nova e sobre a Amazónia Brasileira falou o leigo da Consolata, Luís Ventura Fernandez que veio com sua esposa e quatro filhos. Foram três comunicações que testemunharam as diferentes formas de presença da misericórdia tendo em conta  os contextos e situações que marcam essas culturas.
Se na parte de manhã embarcámos na missão ad extra, ou ad gentes, na parte da tarde, através de cinco workshops, entrámos na missão ad intra, ou inter gentes através dos respectivos sub temas:
                - misericórdia e desenvolvimento
                - misericórdia e voluntariado
                . misericórdia e casa comum
                - misericórdia e inclusão
                - misericórdia e reconciliação

A tarde terminou com a eucaristia na capela da morte do Senhor presidida por D. Manuel Linda que destacou três aspectos a valorizar e a assumir pelaIgreja em Portugal:
- É urgente despertar no povo cristão o sentido da oração pelos missionários e sua obra.
A manhã do dia 18 foi aberta com a oração da manhã a que se seguiu um testemunho da Ir. Myri, Monja portuguesa de Mafra, a viver na Síria. Faz parte dum mosteiro de vida contemplativa composta por homens e mulheres que desde o início se dedicaram ao ecumenismo. O seu mosteiro sempre foi lugar de encontro entre credos e religiões diferentes. Hoje vive o drama da guerra, a paredes meias com a morte, mas sendo um oásis de paz e de misericórdia para as partes em conflito. A manhã terminou com a eucaristia no recinto do santuário presidida por D. Manuel Linda.

Da parte da tarde vivemos o testemunho que nos veio da República Centro Africana trazido  por D. José Aguirre, bispo comboniano há 18 anos. Foi uma experiência de misericórdia encarnada num contexto de extrema pobreza onde os conflitos armados impedem qualquer forma de desenvolvimento.
Na Eucaristia presidida por D. Manuel Linda, foram enviados em Missão seis Missionários.
Em contexto de Jubileu do Centenário das Aparições de Fátima, as Jornadas Missionárias Nacionais 2017 serão realizadas a 16 e 17 de Setembro.

Foram umas jornadas mais testemunhadas, muito vivas e participadas

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos