BOLIVIA Mulheres Achacachi agora querem "diálogo" com Gabriela Zapata

BOLÍVIA
Mulheres Achacachi agora querem "diálogo" com Gabriela Zapata
Achacachi mulheres que vieram ontem para a cidade de La Paz, realizada uma vigília perto da prisão de San Pedro. 29 agosto de 2017 13:06 
Vigília Mulheres Achacachi. Foto: ANF
La Paz, 29 de agosto (ANF) .- Mulheres Achacachi asseguraram terça-feira que vai ir para Gabriela Zapata, ex-sócio do presidente Evo Morales, se Claudia Fernández, esposa do vice-presidente Álvaro García Linera, finalmente, não decide participar da manifestantes.

 "Se você ignorar a irmã Claudia Fernández, teremos de falar com Gabriela Zapata (...) temos um pedido para lhe fazer, porque ela sabe como sofrer, ela vai dar-nos uma solução, porque Evo Morales não nos dá uma solução (...) talvez Gabriela Zapata nos dê informações sobre como podemos falar, porque ela era sua esposa e é por isso que nós queremos diálogo com Gabriela Zapata ", disse Brígida Yujra, uma das mulheres que conduzem a vigília perto a prisão de San Pedro.


Também ameaçam greve de fome e até mesmo transferir seus filhos para La Paz para continuar protestos exigindo a renúncia do prefeito Édgar Ramos e a libertação dos três detidos pelos acontecimentos violentos de fevereiro passado .  MAMP / ELCA /”FIDES”

Mensagens populares