IRAQUE Fundação pontifícia (AIS) promove dia de oração pelos cristãos perseguidos

IRAQUE
Fundação pontifícia (AIS) promove dia de oração pelos cristãos perseguidos
 
Ajuda à Igreja que Sofre evoca três anos da tomada de Mossul
A fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) promove hoje um dia de oração pelos Cristãos Perseguidos no Médio Oriente, em especial no Iraque.




A data é assinalada com uma celebração eucarística na Paróquia de Penacova, em Felgueiras.
A 6 de agosto assinalam-se três anos da tomada de Mossul e da Planície de Nínive, no Iraque, por parte do autoproclamado Estado Islâmico, que fez um ultimato à população: converter-se ao Islão, pagar o imposto para poder continuar a viver naquela terra ou morrer.
“Este ultimato levou à fuga de milhares de pessoas, muitos delas cristãs, que se refugiaram na cidade de Erbil no Curdistão iraquiano. Desde então vivem em campos de refugiados”, refere a AIS.
A Fundação, com a ajuda dos seus benfeitores, está a apoiar os cristãos perseguidos, fornecendo ajuda de emergência, reconstruindo casas, igrejas e escolas.  “Ecclesia”

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja