PORTUGAL Detido bombeiro suspeito de atear incêndio na Póvoa de Lanhoso

PORTUGAL
Detido bombeiro suspeito de atear incêndio na Póvoa de Lanhoso
Homem integra há cerca de meio ano o corpo de bombeiros da região.
© Getty Images 22.05.2017  BRAGA   POR MELISSA LOPES
PARTILHAR
A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 33 anos por sobre ele recaírem
suspeitas de ter ateado um incêndio florestal na Póvoa do Lanhoso.

Em comunicado, a Judiciária de Braga refere que o homem trabalha numa empresa de recolha e tratamentos de lixos.
Terá ateado três focos de incêndio em Póvoa do Lanhoso, nos dias 8 e 9 do passado mês de abril, para depois dar o alerta e proceder ao seu combate, visto integrar há cerca de meio ano o corpo de bombeiros, detalha a Judiciária.
O detido irá ser presente às autoridades judiciárias competentes, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos