Que Maria nos faça ser o brilho da Igreja porque somos missionários por HUGO ANES

No ano do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, os Missionários da Boa Nova realizam nos dias 17 e 18 de junho, a 51ª Peregrinação Missionária a Fátima, para aí agradecer, como acontece todos os anos, o carinho e a proteção da Virgem Mãe.

A história da Peregrinação Missionária a Fátima
Em 1940, o então Superior Geral da Sociedade Missionária, Dom Manuel Maria Ferreira da Silva promoveu uma peregrinação de todo o Instituto a Fátima, para aí consagrar oficialmente a Sociedade

Missionária da Boa Nova (SMBN) a Nossa Senhora. A partir dessa data, Maria, ficou constituída Superiora Geral e Protetora da Sociedade Missionária, que só desejava - como hoje – anunciar a Boa Nova de Jesus Cristo a todos os povos.

A primeira Peregrinação Missionária ‘Familiar’
Após a consagração de 1940 e na perspetiva da maior Ordenação Sacerdotal da história da SMBN – foram ordenados 10 sacerdotes nos dias 9 e 10 de junho 1965 - o instituto regressou a Fátima, para agradecer o carinho maternal da Santíssima Virgem, tantas vezes experimentado ao longo dos 25 anos. Esta primeira grande peregrinação missionária envolveu não apenas os aspirantes e membros da SMBN, mas também como os seus familiares e colaboradores. Foi assim que surgiu o cariz ‘familiar’ da Peregrinação da SMBN a Fátima.

A fidelidade à Peregrinação Missionária
A Peregrinação Missionária de 1965 foi um momento marcante na história da SMBN. A alegria e a gratidão aí vividas fizeram nascer o desejo que repetir a Peregrinação a Fátima, o que voltaria a acontecer em 1967. Depois, de ano para ano, o desejo transformou-se em compromisso: “Ir a Fátima com as Missões” tornou-se quase um “mandamento”.

A 51ª Peregrinação Missionária no Centenário das Aparições
O programa:

Dia 17 de junho

14h30- Acolhimento e Sessão Missionária no salão Paulo VI, com os testemunhos dos Missionários Padre José Alexandre (Moçambique), Padre José Guedes (Zâmbia) e a Irmã Tácia (Moçambique), a intervenção do Superior Geral o Padre Adelino Ascenso e as atuações musicais dos Padres Luís Vieira e Horácio Pereira.

17H00 – Saudação a Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições, pela Família Boa Nova

18H00 - Eucaristia, presidida pelo Superior Geral da SMBN, na Basílica da Santíssima Trindade

21H30 – Recitação do Terço internacional e procissão de velas, na Capelinha das Aparições

Dia 18 de junho

7H00 – Via Sacra Missionária, evocando os Pastorinhos

10HOO – Terço, Procissão e Eucaristia Dominical presidida pelo Bispo do Porto, Dom António Francisco dos Santos



Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto