GUATEMALA Papa denuncia indiferença face a «chaga» da violência

GUATEMALA
Papa denuncia indiferença face a «chaga» da violência

O Papa Francisco alertou hoje para a “chaga” da violência sobre menores, num dia em que recordou as 39 mortas num incêndio num lar de acolhimento na Guatemala.
“Manifesto a minha proximidade ao povo da Guatemala, que vive em luto pelo triste e grave incêndio que deflagrou no interior da casa Refúgio Nossa Senhora da Assunção, causando vítimas e feridas entre as meninas que ali viviam”, disse, perante milhares de peregrinos reunidos no Vaticano, para a recitação do ângelus.
“Que o Senhor acolha as suas almas, cure os feridos, console as suas famílias na dor e toda a nação”, acrescentou.
Após recordar este episódio, o Papa disse rezar e pediu orações “por todos os meninos e meninas vítimas de violência, de maus-tratos, de exploração e das guerras”.
“Esta é uma chaga, este é um grito escondido que deve ser ouvido por todos nós e que não podemos fingir que não vemos nem ouvimos”, advertiu.
O encontro de oração no Vaticano, que contou com a presença de um grupo de Portugal, tinha começado com uma reflexão sobre a Quaresma, tempo de preparação para a Páscoa.

“Façamos de modo que a Cruz assinale as etapas do nosso itinerário quaresmal para compreender cada vez mais a gravidade do pecado e o valor do sacrifício com o qual o Redentor nos salvou a todos nós”, apelou o Papa. OC | Ecclesia

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto