TURQUIA Número de mortos no duplo atentado na Turquia sobe para 38 MURAD SEZER / REUTERS

TURQUIA
Número de mortos no duplo atentado na Turquia sobe para 38



MURAD SEZER / REUTERS

11.12.2016 09h20  O ministro do Interior turco, Adicionar legendaSüleyman Soylu, declarou hoje que o número de mortosno duplo atentado de sábado à noite, em Istambul, subiu para 38, entre os quais 30 polícias.
Um total de 30 polícias, sete civis e uma pessoa cuja identidade ainda não foideterminada foram mortos nos dois ataques que ocorreram perto do estádio de futebol do clube Besiktas, disse o ministro.O ministro também informou que o número de feridos é de 155 e que 136 pessoas ainda estão hospitalizadas, 14 das quais nos cuidados intensivos e cinco em cirurgia.

A Turquia declarou hoje dia de luto nacional depois do duplo atentado m Istambul no
sábado à noite. O primeiro-ministro, Binali Yildirim, ordenou também que as bandeiras
permaneçam a meia haste.
Segundo o ministro, treze pessoas foram detidas por suspeita de ligação a estes
ataques. Os atentados não foram ainda reivindicados.
A primeira explosão ocorreu junto ao estádio do clube de futebol Besiktas, com
recurso a um carro armadilhado, e a segunda, provocada por um bombista suicida,
deu-se num parque próximo do estádio.
O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, considerou, num comunicado, que
por terem acontecido pouco depois do fim do jogo entre o Besiktas e o Bursaspor, as
explosões tinham como objetivo atingir o maior número de vítimas possível.
O Presidente da Turquia defendeu que "o nome ou o método da organização
terrorista que perpetrou o ataque" não interessa.
"Ninguém deve duvidar de que vamos derrotar o terrorismo, os grupos terroristas, os
terroristas e, claro, as forças por trás deles, com a ajuda de Deus", afirmou.
Segundo as autoridades turcas, o carro, "cheio de explosivos", foi detonado no local
onde estava a polícia de intervenção, já depois de os adeptos terem dispersado, no fim

do jogo.   Lusa

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto