HUMOR Anedotas

HUMOR
Anedotas

Viva Fidel! Viva Fidel!
Em Cuba, nos piores tempos da ditadura de Fidel Castro, um menino chega da escola e pergunta à mãe:
- Mamã, que vamos comer?
- Nada, filhinho!
- O menino olha para o papagaio e diz:
- Nem papagaio com arroz?
- Não temos arroz, filhinho.
– E papagaio assado?
- Não temos gás…
- Mãe, assa-o na churrasqueira elétrica.
- Não temos electricidade, filho!
- Que tal papagaio frito?
- Não temos óleo, querido.
Nisto ouve-se a voz do papagaio que grita:
- VIVA FIDEL! VIVA FIDEL!

O Coveiro, meu Comandante
No meio de um dos seus famosos  discursos, Fidel Castro diz:
E, a partir de agora teremos de fazer mais sacrifícios…
Diz alguém da multidão.
- Trabalharemos o dobro!
…E temos de entender que haverá menos alimentos…
A mesma voz:
Trabalharemos o triplo!
…e as dificuldades vão aumentar…
Completa a mesma voz:
- Trabalharemos o quádruplo!
Aqui Fidel, espantado com a generosidade do homem, pergunta ao chefe de segurança:
- Quem é esse sujeito que vai trabalhar tanto?
- ´E o coveiro, meu Comandante.

  

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos