FATIMA ENSINO PRIVADO Só há solidariedade com subsidiariedade

FATIMA
ENSINO PRIVADO Só há solidariedade com subsidiariedade

O cardeal patriarca de Lisboa disse, no dia 13 de maio, em Fátima que «solidariedade sem subsidiariedade, não o é de facto», depois de na quinta-feira ter apelado a que o Estado seja subsidiário do direito dos pais à escolha livre do ensino para os seus filhos.
Durante a homilia que antecedeu a procissão do adeus da peregrinação aniversária internacional de maio, 99 anos após as aparições, Manuel Clemente lembrou também que as “entidades políticas servem o bem comum, que é o bem de todos segundo as legítimas escolhas de cada um”.

Na quinta-feira, Manuel Clemente, questionado em conferência de imprensa sobre alterações aos contratos de associação; disse que este pode ser o momento para se debater a liberdade de escolha no ensino.

“O Papa é claríssimo sobre o direito e a responsabilidade dos pais, inalienável, diz ele, na educação dos filhos e na escolha do tipo de ensino para eles. E que o Estado deve ser subsidiário desse direito dos pais. E este ponto, que o Papa vinca tão fortemente, é que é o principal”, disse então.

Hoje, o cardeal patriarca voltou a abordar a questão da solidariedade e da subsidiariedade e esclareceu que é “neste ponto que culto, cultura e sociedade se devem harmonizar, mesmo e sobretudo em sociedades plurais e democráticas, como quer ser” a portuguesa.

“Sendo as famílias e o catolicismo realidades fundantes do que somos hoje, ainda que sejamos diversos, hão de ser tidos em conta por organizações posteriores, como o Estado ou as instâncias internacionais, quando legislam ou administram o que a todos respeita”, vincou o também presidente da CEP.  FONTES: Texto: Lusa / Açores 9 e Homilia VM junho 2016








Mensagens populares deste blogue

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto