MAURITÂNIA Quase metade dos mauritanos vive em pobreza extrema

MAURITÂNIA 
Quase metade dos mauritanos vive em pobreza extrema

Quase metade dos 3 milhões e meio de habitantes da Mauritânia vive em condições de pobreza extrema, principalmente nas regiões rurais. A informação foi comunicada pelo enviado especial das Nações Unidas para a pobreza e os direitos humanos, depois de uma visita a três regiões do país. Segundo o enviado da ONU, a pobreza atinge, de modo particular, o grupo dos Harratines - descendentes de antigos escravos árabes e de negro-africanos.  Esta comunidade étnica - que representa dois terços da população do país - é sistematicamente excluída de todas as posições de poder assim como de toda a vida social e económica.

(113)

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos