POEMA O SEU DESTINO É O MAR por IR LUÍS (NAMPULA)

POEMA  
O SEU DESTINO É O MAR  por IR LUÍS (NAMPULA)

 Juventude é como um rio
Muito cheio a transbordar
É o contrário do vazio,
Cuidado ao atravessar…

Carrega tudo á passagem,
Até despejos da gente
Que sujam a sua imagem,
Não nega vai sempre em frente

Como força impetuosa
Que nada a pode deter
Nem a montanha rochosa
Nem areias de lazer.

Mesmo assim ouve dizer:
“O jovem de hoje não presta
Não se quer comprometer
Quer barulho e muita festa”…

- Deixa lá o murmurar
Do puritano sentado
Que não anseia p’lo mar,
Sente-se justificado. -

“Juventude é diferente,
Nem sempre acreditada,
Mas que avança em frente
Generosa,  arrojada.

Rejeita o que é muro
O seu destino é o mar
Mesmo por caminho duro
Sabe que há - de chegar.

Em festa é recebida
Pelas ondas do além,
Aí será renascida

Em Mar do Deus que já vem.

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos