POEMA O SEU DESTINO É O MAR por IR LUÍS (NAMPULA)

POEMA  
O SEU DESTINO É O MAR  por IR LUÍS (NAMPULA)

 Juventude é como um rio
Muito cheio a transbordar
É o contrário do vazio,
Cuidado ao atravessar…

Carrega tudo á passagem,
Até despejos da gente
Que sujam a sua imagem,
Não nega vai sempre em frente

Como força impetuosa
Que nada a pode deter
Nem a montanha rochosa
Nem areias de lazer.

Mesmo assim ouve dizer:
“O jovem de hoje não presta
Não se quer comprometer
Quer barulho e muita festa”…

- Deixa lá o murmurar
Do puritano sentado
Que não anseia p’lo mar,
Sente-se justificado. -

“Juventude é diferente,
Nem sempre acreditada,
Mas que avança em frente
Generosa,  arrojada.

Rejeita o que é muro
O seu destino é o mar
Mesmo por caminho duro
Sabe que há - de chegar.

Em festa é recebida
Pelas ondas do além,
Aí será renascida

Em Mar do Deus que já vem.

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto