PORTUGAL Domingues deixa passar prazo de entrega de outra declaração ao TC

PORTUGAL
Domingues deixa passar prazo de entrega de outra declaração ao TC
 16.03.2017  
Ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) mantém-se em falta no que concerne às obrigações de transparência junto do Tribunal Constitucional (TC). A Lusa adianta que Domingues deixou passar o prazo para entrega voluntária da declaração de cessação de funções.
Foto: Cristina Bernardo
Apesar de ter renunciado à presidência da Caixa a 28 de novembro, António Domingues (que tinha sido designado para o cargo no final de agosto) mas ficou à frente da CGD até ao último dia do ano passado, data a partir da qual teve 60 dias para entregar declaração de cessação de funções.
Tal como garante a Lusa, até hoje de manhã o gestor não tinha entregue a declaração em falta junto da 4ª secção do TC, onde estão disponíveis para consulta as declarações de rendimentos e património dos titulares de cargos públicos.

Tal como prevê a lei do Controlo Público da Riqueza dos Titulares dos Cargos Políticos, a declaração final “deve refletir a evolução patrimonial durante o mandato a que respeita”.

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos