DIÁLOGO Reconciliação e diálogo


DIÁLOGO 
Reconciliação e diálogo
O encontro com Jesus na estrada de Damasco transformou radicalmente a vida de Paulo, numa adesão total de si ao amor gratuito de Deus, a Jesus Cristo morto e ressuscitado.


Para o Apóstolo dos gentios, a reconciliação do homem com Deus, é um dom que vem de Cristo. «O amor de Cristo impele-nos para a reconciliação» (2 Cor 5, 14-20).  Este dom que nos aproxima é dom gratuito de Deus em que a pessoa perdoada e amada é chamada , por sua vez, a proclamar o evangelho da  reconciliação em palavras e obras, a viver e dar testemunho duma existência reconciliada.
A reconciliação em Cristo não se pode realizar sem sacrifício. Foi esta revolução que Paulo viveu, mas é também a revolução cristã de sempre: deixar de viver para nós mesmos, buscando os nossos interesses e promoção da nossa imagem, mas reproduzir a imagem de Cristo, vivendo para Ele e de acordo com Ele, com seu amor e no seu amor. A reconciliação entre os cristãos poderá realizar-se quando soubermos reconhecer os dons uns dos outros e formos capazes, com humildade e docilidade, de aprender uns com os outros, sem esperar que primeiro sejam os outros a aprender de nós.

Deus encoraja-nos a tirar força da memória, pede-nos para deixarmos para trás o passado e para seguirmos Jesus no presente e viver uma vida nova; entre nós católicos e num diálogo ecuménico unidos à oração de Jesus:« para que todos sejam um só (Jo 17,21)   in VM abril 2017

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos