EGIPTO
TERRORISMO  Estado Islâmico: 44 mortos após duas explosões em igrejas no Egipto
EM ATUALIZA
As explosões deste domingo de Ramos em duas igrejas coptas no Egipto provocaram já 44 mortos. Estado Islâmico reivindicou duplo atentado.
Partilhe
Autores      João de Almeida Dias  joaoptadias    Agência Lusa

Uma explosão numa igreja copta na cidade egípcia de Tanta, a 90 quilómetros a sul do Cairo, matou pelo menos 25 pessoas e feriu outras 69. A explosão acontece numa altura em que vários fiéis se deslocaram à igreja de Mar Girgis para assinalar do Domingo de Ramos. Horas depois, um bombista suicida fez-se explodir perto da igreja de São Marcos em Alexandria.
De acordo coma agência Reuters, o balanço mais recente do duplo atentado aponta para 44 mortos e mais de 100 feridos. O papa da igreja copta do Egipto, Tawadros II, estava no local mas foi já confirmado que está bem e fora de perigo. Estes ataques a igrejas cristãs no domingo de Ramos, que antecede a celebração da Páscoa, acontecem poucas semanas antes de uma anunciada visita do Papa ao país,
O auto-proclamado Estado Islâmico reivindicou entretanto a autoria dos ataques. Num comunicado, a organização afirma que dois militantes usaram coletes armadilhados para provocar as explosões nas igrejas egípcias, tendo identificado os bombistas como Abu Al-Baraa Al Masri, responsável pelo atentado de Alexandria, e como Abu Ishaaq Al-Masri, que fez explodir a igreja de Tanta, nos arredores da capital.
Já foram entretanto divulgadas imagens de um vídeo de vigilância que mostram a explosão e os momentos que antecederam.
Uma das vítimas mortais da explosão em Alexandria foi o polícia que impediu o suicida de entrar na igreja onde centenas de pessoas estavam reunidas, um dado revelado pelo jornal Egypt Independent.
Sobre a primeira explosão, em Tanta, o porta voz do Ministério do Interior do Egipto, Tarek Atiya, disse à agência France Press que o rebentamento aconteceu perto do altar. E o governador daquela província, Ahmad Deif, citado pelo Nile News, afirmou que “ou a bomba foi colocada no local ou alguém se fez explodir”.

De acordo com a agência noticiosa estatal egípcia, MENA, o engenho explosivo foi colocado na igreja antes da cerimónia do Domingo de Ramos. Em ambas as cidades continuam as buscas por outros engenhos explosivos.

Mensagens populares deste blogue

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos