TURQUIA Turquia publica acusação contra 19 jornalistas por terrorismo

TURQUIA
Turquia publica acusação contra 19 jornalistas por terrorismo
Todos os profissionais trabalham no "Cumhuriyet", um prestigiado jornal da oposição, conhecido por seu jornalismo investigativo e sua linha de oposição
Por EFE    access_time4 abr 2017, 12h58
Cumhuriyet: a acusação pede penas específicas para cada jornalista, que vão de sete a 43 anos de prisão, por "ajudar uma organização terrorista" (Ozan Kose/AFP)
Istambul – A Procuradoria Geral de Istambul publicou nesta terça-feira a acusação contra 19 jornalistas do “Cumhuriyet”, um prestigiado jornal da oposição, por supostos vínculos com organizações terroristas.
Entre os 19 acusados está o ex-diretor do jornal, Can Dündar, exilado na Alemanha após receber uma ordem de prisão, o editor-chefe, Murat Sabuncu, e inclusive um chargista.
Exceto por Dündar, os jornalistas acusados permanecem em prisão preventiva, dez deles há cinco meses.
A acusação pede penas específicas para cada jornalista, que vão de sete a 43 anos de prisão, por “ajudar uma organização terrorista”, “ser membro de uma organização terrorista” e inclusive “atuar em nome de” tais organizações “sem ser membro”.
A Procuradoria de Istambul vincula suas publicações no jornal e nas redes sociais com o proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), com o grupo ultraesquerdista Partido-Frente Revolucionária de Libertação Popular (DHKP-C), e com a confraria do clérigo islamita Fethullah Gülen.
Com uma tiragem de cerca de 50mil exemplares diários, o “Cumhuriyet”, fundado em 1924, não é um dos jornais mais vendidos da Turquia, mas sim um dos mais prestigiados, conhecido por seu jornalismo investigativo e sua linha de oposição ao governo.

Aproximadamente 150 jornalistas turcos estão atualmente presos, seja de forma preventiva ou cumprindo sentença.

Mensagens populares deste blogue

EGIPTO Nova explosão no Egito às portas de outra igreja

SÍRIA Coligação internacional bombardeia barco e mata mulher e filhos

FÁTIMA Centenário das Aparições – Papa Francisco presidirá à canonização de Francisco e Jacinta Marto